Percepções de trabalhadores sobre práticas de assédio laboral em uma indústria no interior da Bahia

Autores

  • Jamilia Brito Gomes

Palavras-chave:

Assédio, Violência, Trabalho.

Resumo

O estudo realizado na indústria no interior da Bahia revelou percepções importantes dos trabalhadores sobre práticas de assédio no ambiente de trabalho. A maioria dos participantes identificou a violência no ambiente laboral como ataques físicos, ameaças e uso de força física, e reconheceu que todo tipo de assédio é uma forma de violência. Quanto às possíveis causas do assédio, foram apontados fatores como baixa autoestima, absenteísmo, procrastinação e depressão, podendo até levar a tentativas de suicídio. A definição de assédio moral foi descrita pelos participantes como condutas abusivas frequentes, constrangimentos repetidos e más condições de trabalho. Eles também mencionaram que o assédio moral pode ser causado pelo despreparo dos superiores para gerenciar pessoas, pela presença de uma cultura autoritária, pela rivalidade no ambiente de trabalho, pela inveja e pelas más condições de trabalho. Esses resultados ressaltam a importância de abordar e prevenir o assédio no ambiente de trabalho, destacando a necessidade de políticas organizacionais que promovam um ambiente de trabalho saudável, o treinamento de gestores para lidar com questões de comportamento e a criação de canais de denúncia para os trabalhadores. A conscientização sobre o assédio e seus efeitos prejudiciais é fundamental para promover um ambiente de trabalho seguro e respeitoso.

DOI: https://doi.org/10.56238/homeIVsevenhealth-054

Downloads

Publicado

2024-06-10