Padrão de sensibilidade antibiótica das batérias isoladas nas infeções do tracto urinário em pacientes atendidos no Hospital Central de Maputo, Moçambique

Autores

  • José Luís José João
  • Mónica Inroga

Palavras-chave:

Infeções do Trato Urinário (ITU), Classificação, Prevalência, Tratamento, Resistência antimicrobiana, Monitoramento.

Resumo

As infeções do trato urinário (ITU) são prevalentes e representam um desafio global para os serviços de saúde. Elas podem ser classificadas como baixas (cistite) ou altas (pielonefrite) e afetam todas as faixas etárias, com maior incidência em mulheres. O tratamento é baseado em antibióticos, mas a resistência antimicrobiana é uma preocupação crescente, exigindo o monitoramento e o uso criterioso de antibióticos.

DOI: https://doi.org/10.56238/homeIVsevenhealth-021

Downloads

Publicado

2024-06-05