Coinfecção Leishmaniose Visceral e HIV: Dados epidemiológicos na rede de saúde Pernambuco - Bahia, 2007-2022

Autores

  • Helielton Júnior Martins Polesca
  • Josué Silva Aguiar
  • Luiz Felipe da Cruz Couto
  • César Augusto da Silva

Palavras-chave:

Leishmaniose Visceral, Coinfecção LV-HIV, Epidemiologia, Rede de Saúde PEBA, Região Nordeste.

Resumo

A Leishmaniose Visceral (LV) é uma infecção crônica sistêmica causada pelo protozoário Leishmania, transmitida pela picada do mosquito Lutzomyia longipalpis. A coinfecção LV-HIV, resultado da junção com o vírus da imunodeficiência humana, é considerada uma doença emergente. Este estudo apresenta dados epidemiológicos da coinfecção LV-HIV na Rede PEBA, no período de 2007 a 2022, com base nos registros do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). Foram analisados 62 casos confirmados de coinfecção, a maioria registrada em homens, concentrados principalmente em Pernambuco e Bahia. A região de Juazeiro (BA) liderou em casos confirmados, seguida pela região de Petrolina (PE).

DOI: https://doi.org/10.56238/homeIVsevenhealth-029

Downloads

Publicado

2024-06-06